segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Natal

Véspera de Natal e as pessoas correm aos supermercados e às lojas. Compram com dinheiro, cartão de crédito, com cheque. Depois se abraçam com initmidade e se desejam "tudo de bom". E assim todos são felizes, todos se amam, acreditam no milagre do nascimento. Quê nascimento? Nascimento daquele que um dia ousou repensar a vida. Aquele que quis ver novos sentimentos entre os homens de bem e de mau. Mas perdemos a mensagem de Cristo e ganhamos a mensagem do Deus Capitalista.
Não sou totalmente contra o andamento da atual sociedade. Assim somos, assim estamos. Mas um tanto de bom senso não faz mal a pessoa alguma. Precisa-se de tanta gula numa data onde deve se distribuir? Se faz necessário tanto materialismo numa época em que se dá amor, sentimento não material?
Acho que vivo em outro planeta. Acho que falo outra língua. O Natal perdeu a graça. Soa como hipocrisia fazer bem com data marcada. Não se compra o paraíso. Não se ganha o céu em prestações. Mas ainda é possível viver com equílibrio e bons sentimentos. Cabe a cada um fazer a escolha.
na foto: colaboradores da Associação Chico Viale mudando o Natal de todos os dias - doando sangue!

domingo, 2 de dezembro de 2007

A foto não é das melhores, mas é para lembrar que a semana que encerrou teve muitas doações de sangue para comemorar a Semana Nacional do Doador de Sangue e a Associação Chico Viale recebeu um certificado de "amigo do Hemocentro/RS". Fomos informados que já contribuimos com 900 doadores desde o início do ano. Um belo resultado a ser comemorado, mas que perde a validade a cada final de dia. Amanhã alguém precisará de sangue e por isto não podemos parar "nos 900". Temos que trabalhar para nos superarmos diariamente. Temos que pensar em milhões. Então a proposta é a seguinte: toda semana é semana do Doador de Sangue!!!! Procure o Hemocentro (avenida Bento Gonçalves, 3722 - Partenon- POA), de segunda a sexta, das 8h às 18h e doe sangue. Participe das campanhas realizadas na região (dia 11 de dezembro tem doação de medula em Gramado,a secretaria da Saúde!!!!!). Repasse este e-mail. Converse com seus amigos. E lembre-se sempre: doar sangue é doar vida!!!

domingo, 11 de novembro de 2007

REMONTANDO O BLOG REFAZENDO A VIDA MONTANDO MEU LIVRO DE CONTOS COSTURANDO ANTIGAS RECORDAÇÕES APRENDENDO A SER MAIS FELIZ, MAIS PATRÍCIA

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Andei distante... uma crise de bronquite fora de hora tirou me ânimo... mas ainda dá tempo de postar. Hoje aconteceu o lançamento do livro "A natureza do Amor" (editora Atheneu), da psiquiatra italiana, Donatella Mazziti e tradução da psiquiatra brasileira, Betina Mariante Cardoso. A Betina é uma pessoa de luz, que está engajada nas lutas pela vida, inclusive na busca de doadores de sangue e o livro conta o universo do amor sob a perspectiva das Neurociências.
Quem se interessar em adquirir o livro é só chegar no Studio Clio, rua José do Patrocínio, 698, Porto Alegre. O telefone é 51 3254.7200. Vamos lá!!! Depois debatemos as leitura aqui no blog.

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Esta semana é dos bichinhos!!!!!

Dia 04 de outubro é dia de São Francisco de Assis, o protetor dos animais. Este homem tinha que virar santo, pois sua história é comovente. Largar a garantia da vida confortável e a estabilidade material pelo amor ao que não se vê, somente se sente. São Francisco amou o vento, a chuva, os animais que falam outra língua. Ele foi um herói! Herói que ainda vale nos dias atuais. Então a semana será dedicada a este espírito que tanto ilumina este mundo e a seus bichinhos, que nos ensinam lições grandiosas, sem dizerem uma palavra!!!
Ah! Sugestão de leitura: "O Pobre de Deus", do escritor grego Nikos Kazantzákis (mesmo autor de "A última tentação de Cristo" e "Zorba, o Grego"), editora Arx. Ali tem a história de Francisco, que pôde fazer uma nova e grandiosa escolha de vida.
E para quem puder ajuda, recadinho da Violeta e da Margarida:
As duas maninhas Violeta e Margarida são muito unidas. O tempo todo elas estão juntinhas. Hoje elas se encontram num sítio a espera de um lar e de um dono(a) que possa oferecer muito amor, carinho e cuidados essenciais a qualquer bichinho. Adote esta duplinha ! elas são muito especiais! Temperamento: brincalhonas, alegres e carinhosas contato com Maristela tel: 98450482 ou pelo e-mail: maristela.b.s@terra.com.br obrigado!

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Mai um convite para lançamento de livros... desta vez é da minha amiga Xavière Potlatch (esta guria promete!!!)
Pré -estréia do Lançamento "30 Contos Imperdíveis", dia 10 de outubro, às 19 horas, na Livraria Arvoredo. Ler só faz bem e abre a cabeça!!! Quantas cabeças estão precisando de uma abertura. Aproveitem! Prestigiem a nova geração literária e continuem investindo nos clássicos!!!

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Sobre ser vaca

E se as vacas pudessem falar ao invés de mugir? O que falariam para nós? Me comam? Não me comam? Qual a diferença entre as vacas indianas e as doresto do mundo? Penso nas vacas todos os dias. Talvez seja uma obsessão. Uma vontade de ser animal. Como seria? Eu passaria fome, sede, frio, calor? Eu ser maltratada? Teria um teto nos dias de tempestade? Um refresco no verão escaldante? E nas noites frias, onde estaria meu cobertor? Hoje esqueci de ser Patrícia. penso que sou uma vaca e como viveria. Se a vida teria sentido ou instinto. Se teria desejos ou impulsos. O que é a vida de uma vaca? Boa pergunta sem reposta. Vou procurar uma e tentar um mugido ensaiado. Quem sabe...

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Alhos na terra: bugalhos

Coloque um dente de alho debaixo da terra e acompanhe sua evolução diariamente. A formação da raiz, o caminho que faz pela terra, os ares e águas que consome, a vida subterrânea que existe sem ver nossos olhos. Alhos. Que poderiam ser mais que meros pedaços de especiaria largados em solo. Poderiam ser nobreza em prato requintado ou feijão com arroz no dia-a-dia. Alhos. Apenas isto. Atalhos talvez. Galhos de uma árvore distinta e perdida entre o asfalto da cidade. Vagos apelos para prender a sua atenção. Mas é somente alho. Nem coalho, muito menos caralho. Odeio palavrões. Vagam largados pela rua. E os alhos nascem. Silenciosamente. Sob a terra. Dos pará-raios.

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Doação de sangue em POA

Doadores de sangue!!! Nesta semana temos duas oportunidades de colaborar: A ASSOCIAÇÃO CHICO VIALE PEDE DOADORES DE SANGUE NO HOSPITAL INDEPENDÊNCIA, EM PORTO ALEGRE (ANTÔNIO DE CARVALHO 450) PARA ADELAR PONATH. PRECISAMOS DE 60 DOADORES, QUALQUER TIPO DE SANGUE. Na quinta-feira, 30 de agosto, das 13h às 17h, no Tribunal de Justiça (avenida Borges de Medeiros, 1565 - Porto Alegre), acontece doação de sangue na unidade móvel do Hemocentro do RS. O evento faz parte da Semana da Saúde, realizada pelo TJ. E no dia 31 de agosto acontece avaliação de glicose, no turno da tarde. As atividades são abertas ao público em geral. Participem, repassem este e-mail. Em duas semanas de pedido de sangue para o senhor Adelar não tivemos uma sequer reposição. Ele está em tratamento e sangue neste momento se faz mais que necessário!! Organizem grupos de doadores, mobilizem-se, ajudem! Patrícia Soares Viale assessoria de imprensa Associação Chico Viale 54 9925.5761

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Na foto, Rosinha, João e eu, em tempos de Casa Etílica.
Sabe aqueles dias que te puxam pela orelha e te fazem pensar. mas pensar de verdade. ficam puxando, repuxando. para saber se a vida está legal ou não. eu gosto e não gosto destes dias. é que dá trabalho. tem que repensar várias coisas: o meu dia-a- dia, meus relacionamentos, minhas metas, meu jeito de ser. não tenho saldo algum até agora. acordei assim e acho que assim irei dormir.
aqui em São Chico, cerração e um leve friozinho. bom para dormir, mas eu tenho que colocar meus textos em dia. já fui ao supermercado. fiz as compras necessárias para as próximas semanas. comprei muito iogurte, arroz integral e nada de carne. pobre João. ele é carnívoro e eu tenho pena dos bichinhos. como carne em momentos de desespero.
a Fofa, cachorra que vive aqui na rua, está no cio. tá uma bagunça nos arredores e já fazem três noites que durmo mal. imagina meu humor! mas tenho esperança de que tudo irá melhorar. além disto, retalhos fora da minha colcha. preciso costurá-los. mesmo sem saber com que linha.

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

FRENTE FRIA, FRENTE QUENTE

tenho tanto horror, pavor aos dias cinzas que com qualquer solzinho e calorzinho eu me jogo para a rua e esqueço o computador. passei os dois últimos dias lixando, pintando, reformando movéis, fazendo colagens, aproveitando o sol com as minhas cachorras no pátio. quando entrava já era noite e eu, um total bagaço. tenho dormido cedo e acordado cedo. não dá para acreditar, mas é verdade. tem me feito bem. doí as costas, porém pareço ter controlado o tráfego diário. uma sensação de vitória.
mas... vi no telejornal que amanhã chega uma frente fria e com ela frio e chuva. bem, tenho um monte de livro para ler e o desafio de escrever bons textos até o final de setembro. menos mal. desta vez vai ser mais fácil encarar a frente fria.

terça-feira, 21 de agosto de 2007

conselho dado esta tarde

Hoje minha psicóloga me deu uma puxada de orelha bem dada... me fez lembrar do quanto sou necessária. Para mim mesma. Me fez bem. me fez bem perceber que sou importante para mim, que me amar é o mais importante. Obrigada pelo toque. Tem um broto de vida nova crescendo entusiasmado dentro de mim.

MUITA ATENÇÃO

"Cada um é responsável pela vida que leva. Há pessoas inteligentes, bem preparadas, com tudo para dar certo... e que no entanto não decolam porque não acreditam que podem conseguir isso. A responsabilidade pelo que atraímos na vida é só nossa. Enquanto a gente se colocar como vítima e não assumir isso, não poderemos mudar as coisas".

Filhos...

nunca pensei em ter filhos. por que? quando eu era adolescente era uma necessidade de ser excêntrica. depois foi medo. medo de ver meu corpo mudando, de ter que dividir meu tempo, meu espaço, meus sentimentos.
continuo pensando em não ter filhos. tempos atrás foi porque eu não queria contribuir com o aumento da população. agora é para me preservar. fiz algumas escolhas na minha vida e quero me dedicar de corpo e alma a estas escolhas. e também quero aproveitar minha compulsão. acho que escolha e compulsão dá um bom caldo. para isto me encaminho. me tornar a escritora profissional, Patrícia Soares Viale. meus filhos serão meus livros. que após nascidos serão do mundo. acho que vou sentir algo semelhante ao que as mães sentem: ciúmes , insegurança. mas estou decidida e vou seguir em frente. sentindo todas as dores, enjôos, alegrias, inseguranças. viva minha gravidez!

Caminhada, passo por passo

ela caminha pela calçada como quem caminha sem pensar. a cabeça muito erguida e o nariz empinado. Não que a estética do mesmo fosse um requinte, mas sua postura garantia o fato. os passos bem marcados, quase medidos com uma régua. daquelas dadas como brinde, plástico colorido. pensei vou chamá-la e dizer que o sol hoje está presente, porém percebi a venda nos seus olhos. parecia um tecido negro, opaco e grosso. pobrezinha, como iria ela ver os raios solares? de maneira alguma. cegueira provisória se encaminhando para permanente. Deixei a moça no seu passo marcado, subindo a pequena ladeira. talvez fosse mais importante ela seguir o rumo que, estava estabelecido em alguma parte do seu cérebro. coração ela não tinha. como sei? anos atrás ela sofreu uma parada cardíaca. tiraram o coração de verdade, que estava doente e colocaram uma peça misturada com plástico e metal. acho que foi aí que ela passou a andar como robô, muito ereta, de gestos calculados e frios. pobrezinha, como ela iria saber sobre os sentimentos? Fiquei estacionada na minha calçada, do outro lado. observando a indiferença deslocar-se sem olhar para os lados. melhor assim. eu continuo respirando, meu coração batendo e meus olhos enxergando. viva o sol!

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Surdos têm vez no cinema

Tem tanta coisa boa acontecendo: A Petrobrás trouxe à Gramado, durante o Gramado Cine Vídeo, o Cinema Nacional Legendado. Cerca de 100 associações de surdos de todo o Brasil receberão 1 kit contendo 60 filmes nacionais em DVD, com legenda oculta. Realizado pela ARPEF - Associação de Reabilitação e Pesquisa Fonoaudiológica - o projeto já faz parte do Balanço Social da Petrobrás, o quê garante a continuidade do mesmo. E então, que tal fazer a sua parte? Tem tanta coisa boa acontecendo. É só se engajar!
o frio parece não dar trégua. inverno de verdade e pouca vontade de se mexer. tenho dor nas costas. tenho medo de frio. tenho medo que ele me devore. fico quietinha. bem quieta, quase muda. nãoa cho bom, mas não ruim. torço para que a primavera venha. com total intensidade. tô precisando de luz, flores e cores. mais vida para todos nós. e que saibamos apreciar tudo que está ao nosso redor. mesmo neste inverno tão gélido.

Casinha!

Já tô na minha casinha. E como é bom sair da rotina e voltar à rotina. A única coisa que não acho nada agradável é este frio. Tô precisando de sol, para tirar o mofo do inverno, para explodir de alegria. este céu cinza me deixa muito introspectiva!
A última semana foi cansativa, mas teve bons momentos. Um deles foi descobrir a Dai, que com certeza será minha mais nova amigona. A gente deu muita risada, escreveu muito, caminhamos, corremos para não perder o início dos filmes, dividimos o mesmo quarto, perdemos almoços, fomos pagar mico na Casa de Caras (junto com o Carlos, nosso colega chiquérrimo). Foi muito legal!
Na foto nossa última noite de trabalho, nós indo para a premiação do Festival de Cinema!! Cansadas, mas realizadas.

sábado, 18 de agosto de 2007

Tô voltando para casa...

Depois de nove dias de muita correria, acordando às7h30min e se recolhendo por volta da meia-noite. Consegui assisti três longas estrangeiros: o argentino "Nacido y Criado"; o uruguaio "El Banõ del Papa" e o peruano "Madeinusa". Bons filmes. Diferentes. Questionadores e intrigantes. Além disto é uma maneira de conhecer nossos vizinhos. Morei um tempo na Europa. Conheci Suíça, fui à Amsterdã, Paris, Barcelona. Estive em várias cidades da Alemanha. Até na Feira do Livro de Frankfurt eu estive. Mas na América do Sul... nada. Tão próximo. Tão vizinhos. Quem me fez pensar sobre este descrédito aos vizinhos foi o ator César Troncoso, do filme "El Baño del Papa". Tanto na coletiva de imprensa, quanto no debate após o filme, ele frisou que "os filmes uruguaios não passam no Brasil e que os filmes brasileiros não passam no Uruguai. Então não há uma troca cultural e se há não esta troca, por que existe o Mercosul?". Deveriam as agências de viagem incentivarem pacotes para os países da América do Sul. Fiquei imaginado cada lugarejo fantástico que deve existir para se conhecer... Ah! Quando vocês enxergarem o cartaz de "El Baño del Papa" em alguma sala de exibição, provavelmente alternativa, ASSISTAM! A história se passa em 1998, num vilarejo, Melo, fronteira Brasil/Uruguai, onde trabalho pouco existe e as pessoas se viram fazendo contrabando. Então é marcada a visita do Papa João Paulo II ao local e esta visita gera uma onda otimista de que peregrinos de todos os cantos visitarão Melo. O que acontece? Todos pensam uma maneira de ganhar dinheiro: vendendo lingüiças, algodão doce, bandeirinhas com a foto do Papa, etc. Mas Beto, personagem marvilhosamente construído por Trancoso, resolve construir um banheiro em frente a sua casa. O resto é fantástico!!!

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

CARPE DIEM!

*****************************************


Amanhã vou para Gramado. Irei trabalhar na assessoria de imprensa do Festival de Cinema. Rever amigos, trabalhar muito, assistir filmes e escrever, escrever e escrever. Nasci para isto: para escrever. É como me sinto me viva. É como me sinto produzindo, sendo útil. Acreditando que a vida está valendo a pena. Levei a Mocinha, minha poodle que acha ser uma ovelha, para tosa. Ela estava selvagem. Depois vou arrumar a mala, ler um pouco, passar na Livraria Miragem para reservar alguns livros e esperar o novo momento. Ei, ele chegou! O novo momento! É assim, a cada instante, o novo momento...

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Então vamos pensar!!!

Não brigue com seus pais. Não ofenda os idosos. Não maltrate os animais. procure amor no mais singelo. Sorria para todos, inclusive para você mesmo. Não esqueça o passado, mas o perdoe. Seja feliz agora. Com um pensamento de futuro ainda melhor!!! Faça tudo isto por si mesmo... não sabemos do próximo instante, mas sabemos do amor que existe em nós agora. Viva ele, conte sobre ele, aproxime-se de quem realmente ama você. Não se envergonhe!!! Apenas ame e viva.
Esta é prá ti, meu irmão, Fran!!! Com muito amor, com muita crença nos dias melhores que estão vindo e nos deixarão ainda mais próximos!!!
"Se você que ser feliz por uma hora, tire uma soneca; por um dia, vá pescar; por um mês, case-se; por um ano, herde uma fortuna; pela vida inteira, ajude os outros." (Ditado chinês)
Daí se descobre que a felicidade é um susto, um suspiro atrás da orelha... e se descobre que é tão fácil ser feliz! Obrigada vida!
parece que tudo fica mais fácil quando se tem amigos, sonhos e amores. se come sentado no chão, nada perturba... apenas se vive. cada momento tal como ele é...
apartamento vazio é apartamento cheio de expectaivas, previsões de surpresas e boas notícias... mede daqui, pensa dali e os sonhos vão se montando como um quebra-cabeça. Como é bom ter mãe por perto para sonhar conosco...

Dia em Porto Alegre

Estive em Porto Alegre no dia de hoje... fui ajudar a arrumar o novo apartamento da minha mãe. levamos aspirador para limpar o carpete, mas a CEEE não tinha ligado a luz...

terça-feira, 7 de agosto de 2007

Cadê meu coração???????

Cadê o coração que estava aqui na curva? Mergulhou no rio, passou pela margem e voltou às águas. Por que? Não sei. Acho que ele é independente e metido à nome próprio. Vou caminhar então. Quem sabe eu socorro a borboleta ali na frente... volta coração!!!! Volta ao peito que bate descompassado, sem saber o que é ausência!

Doando seu sangue, em Canela/RS

ATENÇÃO!!!!! Dia 9 de agosto, quinta-feira,no Colégio Marista Maria Imaculada, em Canela, doação com a Unidade Móvel do HEMOCS (Hemocentro de Caxias do Sul). O horário da coleta será das 10h às 12h e 13h às 15h.Pede-se que os candidatos liguem para o colégio e agendem seu horário de doação, evitando um tempo de espera. O agendamento é feito pelo telefone 54 3282-11-51. Participe!!! Divulgue!!!

segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Dias que virão

Eu bem que vou voar, parar em alguma nuvem para descansar e depois mergulhar de cabeça num sonho... nos dias que virão. Nas horas que se perderam em algum canto. Dizem serem provedores, mas quem amamenta os sonhos e as poucas rotinas somos nós. As desculpas ficam esbarradas pelo caminho. Eu vou voar. Para não mais tropeçar.

sábado, 4 de agosto de 2007

Sábado cinza... levanta-te sol da alma!

Acordei, neste sábado feio e cinza, fechado de cerração, com um pouco de vontade de pintar, mais um pouco de vontade de ler. Mas de verdade eu quero é correr... buscar o sol. Dizer para ele "Levanta e vem nos iluminar". Onde está o sol? Por que tamanha ausência? Botou seus filhos de castigo por causa dos nossos pequenos pecadinhos: rompimento da camada de ozônio, aquecimento global, etc. Não fizemos por mal, mas por ignorância. Somos muito burrinhos. Pô amigo sol, lembre-se de nós... um bocadinho. Não nos abandone neste inverno chuvoso e frio...

sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Tô pintando o sete!

Passei a tarde pintando, caixas, caixinhas, bandejas e porta-retratos... tinta marron, depois um pouquinho de cera incolor e algumas demãos de tinta branca. Daí lixo com cuidado e pronto: uma peça em pátina provençal!!!! meu divertimento, meu troco, minha organização de idéias... tem peça lá na Casa do Artesão, na avenida principal de São Francisco de Paula, cidade que moro, mas da qual não me orgulho.

quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Festival de Cinema de Gramado e bichinhos!!!!

Primedogs no Festival de Cinema de Gramado Evento em Gramado, Pet Friendly, reúne atores e simpatizantes dos animais!Em uma iniciativa inédita na Serra Gaúcha, a marca de acessórios Pet Primedogs, em parceria com o Projeto Bicho de Rua, realiza almoço em prol da causa dos animais.O evento irá acontecer na mesma semana do Festival de Cinema de Gramado, no dia 16 de agosto – quinta-feira, ás 12h. Na ocasião, os atores simpatizantes da causa dos bichos e que estiverem em Gramado neste período, serão convidados a participar como garçons do Brunch festivo no Hotel Casa da Montanha e vestirem o avental “PET FRIENDLY”. Além dos convidados especiais, o evento irá contar com o apadrinhamento de Rodrigo Veronese, o Lucas de Paraíso Tropical. Apaixonado pelos bichinhos, o ator virá até Gramado especialmente para apoiar a causa e participar do evento.A idéia é atrair o maior número de pessoas possíveis. Nesta data a Primedogs dará início a campanha “PET FRIENDLY by Primedogs”, que visa cadastrar e divulgar, em todo o território nacional, pessoas, empresas e entidades que adotem o conceito Pet Friendly - ou seja, simpatizantes dos animais e lugares onde eles são bem vindos. Além de divulgar a importância da adoção consciente, sem preconceitos. Parte da renda arrecadada neste dia será doada para a Ong gramadense Associação Consciência Animal presidida pela Sra. Cíntia Libardi.

Coisas do interior

Na minha cidade, São Francisco de Paula, pertencente à famosa região turística das Hortênsias, meu prefeito fala que a casa onde moramos é de acordo com os pecados cometidos por nós... e deve ser mesmo, pois a casa dele é enorme!
maiores informações no Jornal Correio Serrano, daqui da cidade.

Desafago, por Patrícia Soares Viale

Vago neste lugar qualquer. De um canto ao outro. Caminho de tantinho em tantinho. Meus pés ardem. Já não levanto a cabeça. Dói. Tudo dói. O piscar dos olhos. O respirar fraquinho. Não compreendo. Coisa alguma. Até antes disto tinha um lugar quente para dormir. Comida para este vazio dentro de mim. Era latir e correr no barulho feito. Afago quando eles apareciam no pátio. Espichada na grama em dia ensolarado. Encolhida na caixa de papelão, no frio e na chuva, tranqüila e sonhando. De repente uma coceira atrás da orelha desmoronou os fatos e meu futuro. A parede trincando e a rachadura esfarelou tudo que era concreto. Era só uma coceirinha de matar o tempo. Foi aumentando. Nas duas orelhas. Nos cotovelos. Na barriga. O pêlo começou a vagar por outro espaço. Saiu para passear e nem me perguntou o que eu achava. Eles encontraram as primeiras falhas. E passaram a olhar-me mais vezes ao dia. Pela manhã, à tarde e às vezes, à noite, antes da janta. Puxavam minhas orelhas. Viravam-me de barriga para cima. E falavam, sussurravam. A mulher colocava a mão na cabeça e balançava-a de um lado pro outro. Parecia ter também coceira dentro da cabeça. Eu estava alegre. Mais vezes juntos. Os buracos pipocavam no meu pêlo. Um a um estouravam. Rapidamente. A mulher já não me olhava. O homem largava a comida num canto. A água no outro pote e ia embora sem um afago. Desafago, eu saberia depois. Ali era somente um desacato sobrando no momento. No passar da claridade para a escuridão, o homem chegou bem perto da caixinha e me chamou. Colocou a coleira no meu pescoço e puxou-me. Abriu a porta de trás do carro e ali me deixou. Fiquei deitada entre tantas piscadelas. Às vezes sentia uns trancos, até pulava. Eu levantava, curiosa, tentando ver o olhar dele, escorregava e voltava a deitar. O barulho do carro. Os trancos terminaram. E o homem abriu a porta. Me puxou pela corda com força. Ali no meu pescoço a indiferença dele. Ele tirou a coleira. Não disse nada. Sequer olhou-me. Deixou-me nas suas costas. Entrou no carro e partiu. Olhando para os lados, o escuro. Um canário, de ruídos desconhecidos, circundava-me. Sem a caixa de papelão quente nas noites frias. Sem o afago atrás das orelhas. Sem a voz conhecida. Suspirei naquele vazio. Não tive retorno. Um latido largado naquele vão. Não deu eco. As luzes nas casas de longe já se apagavam.

Para quem gosta de festa, em Porto Alegre

SuperStar - A festa acontece na Quinta Feira dia 02 de Agosto no Circuito Bar!DJsC.ChinepeEd. Amaral (convidado) Mário Aguirra
Circuito Bar
Lopo Gonçalves 66, C.Baixa - POA 32275454 - 99588078

quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Tô de olho!!!!

Nádia correu na rua e gritou "tô em festa", vou para capital fazer embelezamento, secar varizes e voltar nova mulher.
Tchaú Nádia, corre para não perder o ônibus, pois a mula já pensou.
Nádia vai voltar bonita, formosa e com o nariz virando cambalhota. Coitadinha!!!! Tô com pena dela! Ela só queria ficar bonita.
Para quê? Ué!!! Para se olhar no espelho.

Textos para este começo de noite

"... pois estamos dormindo ou quase, incapazes de mover sequer os lábios para dizer uma palavra ou pedir socorro, água amor compaixão, pedir ódio, ele permaneceu imóvel segurando sua xícara de camomila, olhando absorto para a porta, eu queria fugir ele queria fugir mas não podíamos." (conto Pés Descalços, no livro Noturnos, de Ana Miranda).
Palavras suaves de Ana Miranda para o anoitecer de uma quarta-feira estranha, com gosto de verão e ansiedade de vida verdade. Vale para as almas preparadas que sofrem e amam, sem medidas, sem justificaticas. Ama-se pelo fato de amar. E pronto.
Tem Ana Miranda na Livraria Miragem, ali na avenida central de São Francisco de Paula. Aliás, já faço o convite para todos que gostam de bons livros e ambiente acolhedor: dia 01 de setembro (sábado) tem inauguração do novo prédio da livraria Miragem. Continua na Miragem, mais próxima à Casa do Artesão. Com muito mais livros, uma parte de literatura infantil em destaque, casa de chá, sala de convenções... amor puro aos livros!!!
Depois de ler "Noturnos" irei emprestá-lo para uma amiga, Antonieta, que come letras diariamente.

segunda-feira, 30 de julho de 2007

Minha casa é cheia de bichinhos!!!!

Ajude! Adote! Divulgue! Esse cãozinho está pronto para ser adotado. Ajude-o a ter um lar para que outros que estão sofrendo fome e frio possam ser salvos. Por favor, repasse para seus amigos. Quem sabe se o adotante não está na sua lista? Obrigada! ........................... Caco - Se você adora pastor alemão mas acha que são de porte muito grande, me adote! Não pareço um pastorzinho? Sou de porte médio, sou calmo e muito amoroso. Só preciso de uma casinha, um pátio e você como meu dono! Contatos com Argita chuvadejaneiro@uol.com.br Fone (51) 3259.1218
"O destino dos animais é muito mais importante para mim do que o medo de parecer ridículo." (Émile Zola)

Vamos ajudar a encontrar a Bruxa, em Pelotas

Peço atenção ao recado da Karen, para encontrar a mascote dela!!!!!!
"POR FAVOR ajudem encontrar minha BOXER! Seu nome é BRUXA.Dia 19 de maio ela fugiu assustada com foguetes!Ela é marrom tigrada,tem as patas e o peito branco com contorno e pintinhas cinza!Ela deve estar muito assustada, e eu muito aflita e angustiada!Tem fotos dela no meu álbum do orkut!Obrigada amigos!

Portas fecham, janelas abrem

Acordei com um vento frio e forte abrindo a porta de entrada da casa que moro. As janelas estavam fechadas. Não se sabe por onde se entra ou por onde se saí. A vida não tem um sentido exato. Não existe o certo ou errado. O que existem são as escolhas!!!! Se escolhe algo e se abraça a escolha. Não importa se ela tenha olhos verdes ou castanhos. Se ela seja independente ou dependente. Moça ou velha. Apenas se escolhe. Não se julga, não se critica, não se condena. E pronto. Fui nas águas geladas do rio Santa Cruz, lá na Barragem do Salto, neste inverno com cara de estação definida. Rezo ao senhor para que ilumine cada molécula desta água para que sejam abençoados todos que a tocarem. Tô precisando de paz, de sossego, de um pouco de harmonia. Não suporto mais este mundo cheio de briga, de pressão, de cobrança... faz tão mal à alma. Preciso de água, de líquido que escorre e leva. Para trazer algo bom. Mais paz e amor. Mais harmonia e sensatez.

sábado, 28 de julho de 2007

Mais frio, mais vontade de ser

Tô indo para um lugar chamado Barragem do Salto, pertinho de São Chico. Lá começou minha família, a Soares, pelo lado materno. Lá está meu irmão contemplando um lago de águas profundas e araucárias centenárias. Meus avôs e a sabedoria das pessoas simples e de bom coração. Vou para lá recarregar as energias, buscar novo sintonia com o universo. E esta vindo a mim, distribuo a vocês!!! Só não precisava estar tão frio. Eu tenho lençol térmico, lareira com fogo alto, estufa, casaco forrado, mas e quem não tem? Por eles é que peço um trégua!!!

sexta-feira, 27 de julho de 2007

Rapidinho...

Já que falei em sangue. O pedido é para quem estiver em Porto Alegre: a senhora Marise Tedesco Fabbrin está precisando de doadores de sangue. Qualquer tipo de sangue. É só chegar no Banco de Sangue do Hopsital Mãe de Deus, informar que a doação será feita para ela e doar. Tudo rapidinho!!!! Tem uma família toda buscando doadores para que a Dona Marise tenha mais vida. E esta está lutando com unhas e dentes!!! Que tal ajudar um pouquinho...

Então me despeço por esta noite

Apesar do frio congelante a higiene pessoal se faz necessária e o banho me toma. Vou com cabeça cheia de coisas e o coração batendo num ritmo constante. Na verdade eu queria ir para a rua e contar as estrelas. Dar umas gargalhadas... recordar noites de sexta-feira de anos anteriores. Em lugares aqui perto, em lugares mais distantes. Sexta-feira tem cara de final e recomeço. Cara de vida. Vida divertida.

E o fofo aí do lado? Tem tantos como este querendo uma casa, querendo amar incondicionalmente alguém que somente cuide dele. Dê uma olhada no www.sosviralatas.com.br. Sempre tem um jeito de ajudar!! Sempre tem!!!

"Aquele que pode abrir o botão realiza a sua tarefa de modo tão simples!Ele olha-o de relance, e aseiva da vida corre-lhe nas veias;ao seu sopro a flor abre as suas asas e esvoaça ao sabor do vento; e então as cores despontam na flor como anseios do coração, e o seu perfume trai um suave segredo." (do livro "A Colheita", de Tagore)

Doe sangue por mais vida

Você sabia que uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas? E que uma bolsa é recolhida em aproximadamente dez minutos? O que você faz em dez minutos? Este, provavelmente, foi o tempo em que ocorreu o acidente do meu irmão, o Chico Viale, com 28 anos. No dia 13 de janeiro, indo para a praia, ele cochilou na direção e entrou debaixo de um caminhão. Foi atendido no HPS de Canoas e na primeira cirurgia ele precisou de 40 bolsas de sangue. Alguém sabe o que é isto? Se o Francisco estivesse vivo o sangue dele teria mudado. Meu irmão passou 63 dias em coma, com ferimentos gravíssimos no cérebro e faleceu em março. Neste tempo não trocamos uma palavra, um gesto. Nada!!! Mas aprendi muito sobre a vida. E sobre o sangue. Eu, minha família e amigos dele criamos a Associação Chico Viale. Organizamos campanhas de coleta de sangue e captamos novos doadores de sangue. Buscamos vida. Apesar de termos perdido uma das vidas mais especiais... mas seguimos em frente e estamos tentando transformar a dor em força, em garra, em ajuda aos outros. Para fazer a vida valer a pena!!!! É bom falar sobre estes avanços emocionais!!!

Dia frio visto da janela, com poucos passos pelas ruas

Hoje foi um dia para pensar. Pensar no que está acontecendo na minha vida e na vida dos outros. Estaremos todos perdidos? caminhando pelas ruas com nomes desconhecidos? O que estamos fazendo conosco? Tive uma crise de rinite por causa do frio intenso de ontem. Ontem eu achei que iria congelar. E o que eu fazia? Organizava uma doação de sangue em Gramado, porque em algum lugar deste estado alguém está precisando de sangue para viver. Viver uma vida diferente. Com mais garra. Com mais ânsia. Porque quem precisa de sangue para viver deve se esforçar mais. Eu não preciso de sangue para viver. Eu preciso de ânimo. Recebo e-mails sobre animais abandonados, mal tratados. Quando criança, minha mãe ensinou-me que quem trata bem os bichos, trata bem as pessoas. Acho que poucas pessoas tiveram bichinhos quando criança... não tá na hora de mudarmos e desejarmos de verdade uma vida melhor?

quarta-feira, 25 de julho de 2007

Boa noite

Se diz boa noite quando se tem a quem dizer boa noite... seja nossos pais, nossos irmãos, nossos amigos, nossos amores, nossos bichinhos ou nosso anjo da guarda!!!

No que você está pensando?

No que você está pensando neste exato momento? Nas pessoas que passam por nós na rua e sequer nos cumprimentam, mesmo que pouco tempo atrás tenham trabalhado conosco? Ou pensamos no dinheiro fácil que entra e que mais fácil ainda saí? Dinheiro que numa cidade tão fria se faz necessário em forma de cobertores, aquecimento, comida e não com manifestações de egos descontrolados. Mas que pena, tantos são os míopes nesta terra!

Fechei as janelas

No final da tarde, o céu ficou cor-de-rosa. Será mais frio? Um frio que vem com passos poéticos, sem querer agredir? Fechei as janelas da minha casa. Casa esta que é vermelha. Numa cidade que está cinza. Quantas cores para uma única alma...

Casa da Paty Viale

Estou abrindo as portas da minha casa. Uma casa singela, feita de boas ações, alguns mal humores por causa de tanta coisa feia sendo feita. Mas uma casa limpinha, vasos com lavanda nas janelas e muita vontade de mudar o mundo!!!!!! Sejam bem-vindos!!!!